Um passeio pela Ilha Fiscal (RJ)

A Ilha Fiscal é daqueles monumentos que você passa todo dia mas que nunca tem tempo de visitar. É uma construção linda, do final do século XIX, onde funcionava um posto alfandegário para controle das mercadorias que eram exportadas e importadas pelo porto carioca, na época em que o Rio era capital do império (daí o nome ilha fiscal). Mas o palacete ficou famoso mesmo por abrigar o último baile da monarquia de D. Pedro II, no dia 9 de novembro, com a presença de toda a sociedade aristocrática da época. Seis dias depois houve a Proclamação da República e D. Pedro foi expulso do Brasil. Hoje a ilha abriga um museu e é administrada pela Marinha.

O passeio até a Ilha Fiscal custa R$ 30,00 (R$ 15,00 a meia-entrada) e dá direito a visitar não somente o palácio mas também o Submarino Riachuelo e o Navio Bauru, ambos ancorados na Capitania dos Portos. São 3 horários para a visitação do Museu e escolhemos o primeiro horário por motivos de: luz boa para fotografar. O deslocamento até a Ilha é feito por barco e dura uns 10 minutos. Dois guias contam a história do lugar e depois temos mais ou menos 1h para fazer muitas fotos. É um passeio curto que vale a pena. No site do Visit.Rio tem todas as informações.

Leave a Reply