[Série de TV] The Hafileds & McCoys

Com o tempo chuvoso no final de semana no Rio, acabei tirando algumas horas para ver uma série que já havia baixado a meses mas que ainda não tinha tido tempo para ver: The Hatfields & McCoys. A série foi simplesmente a mais vista de todos os tempos das TVs americanas, batendo todos os recordes de audiência e transmitida por um canal que não tem o hábito de produzir programas com atores consagrados, o History Channel.

Com base em história real, Hatfields & McCoys apresenta a disputa sangrenta que existiu entre duas famílias durante o período pós-guerra civil.

Hatfield (Costner) e McCoy (Bill Paxton) são amigos e companheiros que lutaram juntos na Guerra. Mais tarde, quando cada um retornou aos seus respectivos lares e famílias – Hatfield na Virgínia e McCoy no Kentucky – tem início uma rivalidade que custará a vida de vários membros das duas famílias ao longo de anos.

Tudo começa quando o ex-soldado da União, Harmon McCoy, primo de Randall, é assassinado. As suspeitas recaem sobre os membros da família Hatfield. A partir deste evento, surgem ao longo dos anos diversos conflitos envolvendo não só os familiares, mas vizinhos, amigos e uma cidade inteira, o que acaba gerando praticamente uma segunda guerra civil.

Numa época onde a justiça ainda era feita pelas próprias mãos ou através de pistoleiros, o que se vê é muita briga, fofoca, emboscadas, assassinatos e desentendimentos sem fim. Tudo era motivo para discussão. O espectador pode ver a evolução dessa briga, que começou com uma suspeita e alguns porcos roubados até acabar em assassinato em massa e enforcamento em praça pública! Bacana também é ver como um desentendimento, que a princípio é somente entre os dos patriarcas das famílias, acaba virando uma guerra entre duas cidades, onde todos tomavam as dores um dos outros, e o ódio entre os dois clãs acaba pasando de geração para geração, mesmo eles mal sabendo onde tudo começou!

Para o canal History, a produção de Hatfields & McCoys foi encomendada para marcar o 150º aniversário do início da luta entre as duas famílias. Mas, para os fãs do gênero, o sucesso da minissérie pode promover o ressurgimento do faroeste televisivo.

O que se tem até o momento é o desenvolvimento de diversos projetos situando as histórias no Velho Oeste (Já falei sobre o maravilhoso Hell on wheels aqui). Mas, na hora de escolher qual deles será transformado em séries, as produções estreladas por ‘cowboys no asfalto’ ganham a disputa, como é o caso de Longmire (Maravilhoso também, que falarei em breve).

Pesquisando pela internet descobri também que essa nova onda de séries históricas têm atraído muitos turistas à essas regiões, obrigando as agências de viagens a fazer pacotes destinados especialmente a esses viajantes culturais. Já pode querer ir pra lá?

Ps. Alguns trechos do texto foram tirados desse link.
Ps2. A mini-série tem somente 3 episódios de 1h30 cada, ou seja, em uma tarde você consegue ver! =)

Leave a Reply